sábado, 13 de setembro de 2014

Desprezado dentro do lar.

Vivemos em uma sociedade que simplesmente ignora seu semelhante. Ignorar é como se o outro não existisse, não faz falta alguma, não desperta menor interesse, a outra pessoa esta invisível, tanto faz como tanto fez.
Esse comportamento é semelhante  a arma letal e de destruição em massa. Isso tem enfraquecido muitos relacionamentos entre cônjuges e entre pais e filhos. Isso é prejudicial à família, ao casamento, pois quando menos se esperar o inimigo ataca de forma voraz e destrói.
Quantos cônjuges ignoram seus parceiros, quantos pais e filhos ignoram-se.
Esse fator tem sido crescente, fragilizando a maior ideia de Deus, o lar.
Uma família que se valoriza e valoriza seus membros, têm mais possibilidades de superar traumas, as adversidade, os medos, a possibilidade de divorcio, as drogas, prostituição e a violência que vem devastando milhares de lares enfermos.
O mal é sorrateiro, ninguém está imune, vivemos cada dia bombardeados pela mídia que vem implantando uma nova cultura, desconstruindo valores, e até os maios atenciosos podem cair em suas armadilhas nefastas e mortais.
 Só iremos perceber quando perdemos a pessoa que amamos, quando o mal estiver instalado, quando estivermos chorando sem haver mais retorno e finalmente quando não houver mais solução, onde a vida não passará de  lembranças. Ainda temos tempo de reverter à situação, façamos uma aliança conosco, Ainda há esperança para arvore cortada, não vale apena continuar esse caminho.
Hoje é tempo de recomeçar, reconhecer que precisa de ajuda, família unida vence gigantes. Lembremo-nos que os homens escrevem nossos defeitos em placas de bronze, mas as nossas virtudes na água.
Deixe de ignorar e volte a Valorizar.
Você quer isso pra sua vida.?

Pr. Marcelo Farias.



2 comentários:

Unknown disse...

Muito bom

Anônimo disse...

Ótimo Marcelino !!Saudade da nossa infância.. Fiquei sabendo que você estar muito bem na Paraíba.